Como fazer uma reforma morando no apartamento?

Decorati / Publicado em 11/03/2020

Compartilhe:

Por mais que você se esforce, é praticamente impossível fazer uma reforma no apartamento sem nenhum problema, ainda mais morando dentro dele durante todo o processo.

Claro que estar presente no momento da obra pode até garantir um resultado melhor, mas também pode causar diversos problemas, como atrasos na entrega, aumento no orçamento, entre outros. 

O nosso conselho é que, se possível, você não esteja morando dentro do imóvel enquanto a obra acontece. Mas, sabemos que nem sempre esse privilégio pode ser usufruído por muitas questões.

Por isso, vamos te dar diversas dicas de como fazer uma reforma no apartamento da melhor forma possível. Vamos lá?

Dicas rápidas para quem vai fazer uma reforma morando no apartamento 

reforma morando no apartamento

Faça um projeto e se planeje

O projeto arquitetônico é responsável por guiar todas as etapas de uma obra. Inclusive, uma das principais causas de atrasos e orçamentos com valores ultrapassados são as constantes alterações no projeto.

Para evitar esse tipo de problema, estude bastante o documento e pense em todas as mudanças que você deseja fazer antes de colocar a mão na massa. 

Feito isso, é hora de começar a elaborar seu planejamento, levando em consideração que você irá fazer a reforma morando no apartamento. Por conta disso, sua obra terá que ser dividida em partes. A melhor maneira de fazer isso é começar por ambientes que você usa menos e terminar no que você mais utiliza. 

A quantidade de cômodos dentro do apartamento também precisa ser avaliada. Por exemplo, se você tem dois banheiros, não faça a reforma deles ao mesmo tempo. Deixe um para uso e o outro em obra. 

Estipule o orçamento 

Ter um orçamento completo e detalhado é de extrema importância para uma reforma morando no apartamento. Isso porque, caso ele seja ultrapassado, você pode contrair diversas dívidas ou ficar com sua obra inacabada.

Como as etapas da reforma já foram divididas no planejamento, fica mais fácil fazer o orçamento pensando em quanto você vai gastar em cada uma delas. Lembrando que isso também deve ser feito antes da obra começar de fato.

Dentro do orçamento, coloque os gastos com mão de obra, materiais, revestimentos e tudo mais que você irá precisar para fazer a sua reforma. 

É normal aparecer alguns imprevistos durante a obra. Por isso, tenha em mente que o valor da sua reforma ficará 5% a mais do que o custo estipulado no orçamento. Isso significa que é melhor ter essa quantia no bolso para se manter preparado e lidar com os problemas de uma forma mais tranquila. 

Se você está com dúvidas de quanto a sua reforma morando no apartamento vai custar, não se preocupe. Use a Calculadora Decorati e saiba o orçamento final da sua obra.

Preparando o apartamento 

Depois de contratar uma mão de obra especializada e comprar todos os materiais necessários para a sua obra, chegou a hora de começar sua tão sonhada reforma. 

Quando os trabalhos começarem, é importante ter uma logística para não acumular problemas e acabar atrasando sua obra. 

Por exemplo, quando os materiais forem chegando, é importante ter um espaço fixo para eles, que pode ser um ambiente que não será  o primeiro a ser reformado ou um local determinado no apartamento.

Na hora da entrega dos materiais, é importante verificar se não está faltando nada. Feito isso, escreva na caixa ou em etiquetas para onde vai aquele material, principalmente quando você tiver mais de um ambiente com o mesmo nome. Por exemplo, as torneiras da suíte, do banheiro e do lavabo devem ter nomes diferentes.

Se você não vai trocar de piso, não esqueça de forrar o chão com pallets ou papelão. Assim, você protege o material da umidade e danos que podem acontecer durante a obra. 

Pense na parte hidráulica e elétrica

Por não ter relação com o visual do apartamento, é normal que muitas pessoas acabem deixando a parte hidráulica e elétrica em segundo plano. Para ter uma reforma morando no apartamento que dê certo, você não pode cometer esse erro. 

É importante que esses fatores estejam dentro do seu planejamento para evitar problemas no futuro. Pense em quantos pontos elétricos você vai precisar, onde eles vão ficar, qual é  o calibre dos conduítes para a passagem dos fios, etc. 

Nesse quesito, é legal pensar a longo prazo, principalmente se você pretende morar no seu apartamento por um bom tempo. Dessa forma, você não terá problemas se decidir mudar algo de lugar. 

Se seu apartamento for antigo, pergunte para um profissional especializado se a troca de fios e tubulações vai suportar a demanda de aparelhos mais modernos.

As mudanças de eletrodomésticos de lugar também deve ser levada em consideração. Alguns deles vão precisar de pontos extras de água ou energia para funcionarem no novo local. 

Cuidados com ambientes difíceis 

A cozinha e a lavanderia são os dois ambientes mais difíceis de lidar em uma reforma morando no apartamento. Isso porque eles são difíceis de adaptar em outros cômodos, ou seja, você terá que adaptar a sua rotina com a falta desses cômodos no seu dia a dia. 

Verifique se outras tomadas do seu apartamento suportam a carga da geladeira, microondas e outros eletrodomésticos e improvise uma cozinha nesse novo cômodo. Deixe também um kit com talheres, pratos e copos para você conseguir fazer suas refeições.

Quem tiver varanda ou churrasqueira no apartamento, melhor ainda! Você pode usar esses locais para fazer sua cozinha improvisada. Mesmo assim, se possível, faça as suas refeições principais fora do apartamento. 

Falando especificamente da lavanderia, a melhor tática é deixá-la funcionando o máximo de tempo possível durante a reforma. Assim, os itens de limpeza têm continuam em um lugar específico e você não precisa se preocupar com isso. 

Quando a reforma na lavanderia começar, separe os produtos que você usa com mais frequência e deixe em um lugar fácil de usar. Os panos de limpeza podem ser lavados na máquina de lavar, torneira externa ou lavatório do banheiro, até a obra na lavanderia ser finalizada. 

Móveis e itens de decoração merecem atenção

Quando fazemos uma reforma morando no apartamento, é normal querer trocar alguns móveis e itens de decoração e também ficar com outros que gostamos e que estão em bom estado. 

Nesses casos, o melhor a fazer é embrulhar itens menores com lona ou plástico bolha e cobrir os maiores com lençóis. 

Se você tiver espaço no apartamento, é legal colocar todos esses móveis e objetos em um único ambiente. Deixá-los em um lugar onde ninguém vai mexer e eles não serão transportados com frequência também é uma opção. 

Muitas pessoas têm dúvida sobre o que fazer com os itens pessoais do dia a dia, como roupas e cosméticos, por exemplo. O ideal é escolher peças de roupa e objetos que você usa com mais frequência e deixá-los em um local de fácil acesso, enquanto os outros itens podem ser guardados em caixas ou malas, se o seu guarda roupa for desmontado ou foi para um outro lugar. 

Você não deve  proteger apenas a superfície, como também os móveis e objetos como um todo. Uma boa dica é colocar uma etiqueta em tudo que tiver vidro, espelho ou seja frágil. Dessa forma, você lembra que deve ter cuidado com aquele item e as pessoas ao seu redor também. 

Preparar um cronograma para a troca de móveis vai facilitar muito a sua vida. Agende a entrega da mobília para depois que você se desfazer dos móveis antigos e estiver terminando a obra. 

Hora da limpeza

Chegamos a um ponto que todo mundo odeia na reforma: a sujeira que fica quando ela termina. Sabemos que é bem chato e incômodo, mas cabe a você lidar com ela de uma forma boa ou ruim. 

É melhor lidar com a limpeza no final da obra toda de uma vez para não atrasar o serviço, mas é possível dar alguns retoques diários, o que vai aumentar a produtividade dos profissionais que estão trabalhando na sua reforma. 

Por isso, é importante inserir no contrato a limpeza diária toda vez que os profissionais saírem do serviço. Para facilitar o trabalho, deixe na obra vassouras, pás e sacos de lixo.

Reformar morando no apartamento suja mesmo, mas uma boa forma de diminuir a poeira que entra em outros cômodos é fechar as portas e colocar panos úmidos nas frestas para isolar as áreas em que o serviço está sendo feito.

Mantenha um bom relacionamento com os profissionais da obra 

Como você vai fazer uma reforma no apartamento, manter um bom orrelacionamento com o pessoal que vai trabalhar na obra vai fazer muito bem para todos. Além de diminuir o estresse que uma reforma causa, você tem mais garantias que o trabalho sairá como você espera. 

Por isso, se precisar cobrar algum serviço, mantenha sempre a educação e tente compreender o que está acontecendo em primeiro lugar. 

Uma boa dica também é informar para a equipe de obra os horários de todos os moradores do apartamento. Assim, eles podem fazer serviços que causem mais sujeira ou barulho enquanto todos estiverem fora para não atrapalhar ninguém. 

Mantenha uma ordem na instalação dos pisos 

Priorize instalar os pisos primeiro em ambientes onde há mais circulação de pessoas. Muitas vezes, é preciso esperar o revestimento aderir ao chão e assentar completamente para que você consiga usar o cômodo. 

Fazer isso logo no começo vai fazer com que você já lide com uma parte mais difícil e fique mais tranquilo no resto da sua reforma morando no apartamento.

Falando sobre piso, é legal optar por modelos mais fáceis de serem colocados em uma reforma morando no apartamento, como o piso vinílico, por exemplo.

Está pronto para fazer sua reforma morando no apartamento? Se você está precisando daquele empurrãozinho para começar sua obra, é só assistir esse vídeo do canal Obra Café! Nele, contamos a história de clientes da Decorati que queriam muito mudar a cara do seu apê e escolheram a nossa empresa para transformar o sonho em realidade. 


E, para conhecer dicas de como decorar o seu apartamento, é só continuar de olho no Blog e Instagram da Decorati!

Confira também na Decorati