Qual o melhor piso: Vinílico x Laminado?

Decorati / Publicado em 15/11/2017

Compartilhe:

Hoje, vamos falar sobre piso vinílico e o laminado. As duas opções possuem vantagens e desvantagens, que devem ser levadas em consideração na hora da escolha pelos revestimentos. Com a informação correta, podemos explorar o material da melhor forma para que seu projeto seja o mais eficiente possível.

Vinílico

Para começar, devemos ressaltar que o piso vinílico é utilizado para ambientes internos, já que não possui resistência para a incidência direta do sol.

Para as áreas molhadas, procure um adequado com tratamento para umidade. Sua origem industrial permite muitas variedades de modelos com estética próximas a da madeira ou com texturas e estampas diferentes.

No âmbito do conforto, ele abafa ruídos e ajuda na temperatura dos ambientes, o que é muito favorável nas várias épocas do ano.

Ele é disponibilizado de diferentes formas, o que facilita na hora da escolha. Pode ser em placas, réguas ou mantas, que são vendidos por m². Para o uso residencial, é habitual a escolha por placas e réguas, sendo a manta mais utilizada na área comercial.

O piso vinílico possui uma particularidade em relação a lavagem. Ele não pode ser imerso na água, exceto os especiais para áreas molhadas. Portanto, apenas um pano úmido é suficiente. Uma outra vantagem é que ele é protegido por poliuretano e, por isso, tende a ser resistente a manchas, além de ser antialérgico.

No mercado, vocês podem encontrar preços por m² de R$ 38,00 até R$110,00 reais, sem a mão de obra inclusa. Por ser possível sua instalação sobreposto em outro piso, evita transtornos de obras decorrentes da instalação.

Laminado

O piso laminado é indicado para áreas secas e com temperatura amena, pois ao contrário do vinílico, não equilibra a temperatura do ambiente. Em cômodos como dormitórios, salas e escritórios residenciais, ele é uma ótima opção.

O piso tende a ser um pouco barulhento devido ao composto possuir derivados de madeira. Por isso, deve-se tomar cuidado em ambientes que demandem um pouco mais de silêncio ou optar por um isolamento acústico.

O revestimento é disponibilizado em réguas e pode ser instalado por encaixe ou cola sem cheiro. O piso não exige que a base esteja totalmente nivelada como o piso vinílico. Então, pode ser instalado sobre pedras, concreto ou cerâmica. Por ser desmontável, ele é reutilizável, o que auxilia muito no seu custo benefício.

Na limpeza, use aspirador de pó e vassoura e sempre limpe nos sentidos das réguas. Para finalizar, passe um pano úmido com sabão neutro.

O custo médio do m², sem incluir mão de obra, está por volta de R$ 50,00 a R$ 63,00 e sua durabilidade varia de 5 a 16 anos.

orçamento-reforma

Confira também na Decorati