Ar Condicionado | Qual é o ideal para o seu apê novo?

Decorati / Publicado em 16/07/2018

Compartilhe:

Hoje em dia, ter um bom equipamento de ar condicionado já virou necessidade. Com estações cada vez mais intensas, almejamos um apê com temperatura que seja do nosso gosto, alheio às interferências externas. Fora que ficar à mercê do clima pode não ser a melhor ideia. 

Pensando na relevância desse tema, nós da Decorati, decidimos elaborar um texto que vai inteirar você um pouco mais sobre esse item tão importante na sua reforma!

Para que você possa colocar um aparelho de ar condicionado no seu apê novo, saiba que é necessário ter uma estrutura voltada para isso. Mas na maioria dos casos, é plenamente possível instalá-lo.

Equipamentos e tubulações ficam localizados em cima do forro, ou mesmo escondidos nas paredes. As únicas partes que ficam aparentes são a evaporadora e a condensadora.

Abaixo, você entende um pouco mais sobre esses dois termos!

Ar Condicionado – Splits

Um ar condicionado depende basicamente de dois equipamentos: a condensadora e a evaporadora. A palavra split é um termo originalmente da língua inglesa e sua tradução é “dividir”. Mas como isso tem a ver com ar condicionado? Bom, quando dividimos o equipamento nas duas partes que citamos, temos um ar condicionado Split!

Dentro desse leque, existem algumas variedades. Um dos que gera mais pedidos aqui na Decorati, é o Split High-Wall, que fica bem próximo do teto e funciona numa proporção 1:1. Para cada evaporadora (a parte que fica do lado de dentro de casa, jogando ar frio ou quente), existe uma condensadora (a outra parte, que deve sempre estar em um local externo, bem arejado, como nas varandas, por exemplo).

 

Outro tipo de ar condicionado que está presente em diversos lares é o Multi-Split, onde há uma condensadora só, mas que tem a capacidade de suprir a demanda de mais de uma evaporadora.

Geralmente, essa versão acaba tendo um custo mais alto que o High-Wall e também requer um espaço maior, dada a potência da sua parte externa. Nesse caso, e em apartamentos menores, compensa mais ter um Multi-Split ao invés de várias condensadoras que ocupariam mais espaço.

 

Ar Condicionado – Tecnologias de Split

Quando você vai adquirir um ar condicionado, pode acabar se deparando com duas opções diferentes. A convencional e a Inverter. Existem vários aspectos técnicos que diferenciam esses dois tipos. Por isso, vamos pontuar alguns dos mais relevantes.

Porém, vale ressaltar que aparelhos com a tecnologia Inverter têm custos mais altos, tanto de aquisição, como manutenção. Mas, o contraponto está no consumo de energia, que é menor se comparado com a tecnologia convencional.

O primeiro ponto que podemos destacar, diz respeito à oscilação que pede que o equipamento ligue e desligue automaticamente. Os convencionais têm um tempo maior de oscilação, já que eles “esperam” a temperatura alcançar pontos com uma distância maior dentro da escala do termômetro.

Já o Inverter, opera dentro de uma faixa de temperatura mais confortável para climatização. Além disso, temos o fato de que ele não fica ligando e desligando, pois ele regula automaticamente.

Em adição ao que já foi citado, vale a pena dizer que os aparelhos convencionais levam um pouco de tempo a mais do que os Inverter para chegar na temperatura desejada. Além da velocidade, os Inverter também saem na frente no quesito do ruído, já que são mais silenciosos.

 

E aí, já pensou como seria o seu apê com ar condicionado? Ou você ainda tem dúvidas sobre o assunto?

Bom, para as duas perguntas temos a solução: arquitetos extremamente qualificados que podem te ajudar a construir seu sonho de apê, sem dor de cabeça! Basta marcar uma reunião e pronto! 😉

 

#DecoratiOficial   #MateriaisEmFoco   #ArCondicionado

 

orçamento-reforma

Confira também na Decorati