Acompanhamento de Obra x Gestão de Obra: Por onde começar?

Decorati / Publicado em 15/10/2017

Compartilhe:

Quando estamos para iniciar uma obra, muitas perguntas aparecem em nossa mente. Como vou fazer a reforma do apartamento? Preciso de alguém me auxiliando? Como tornar a obra mais eficiente e econômica?

Podemos garantir pra você que existem formas de economizar, dinamizar e facilitar o processo de reforma. Mas, para isso, precisamos explicar no que consiste o acompanhamento de obra e a gestão de obra.

Por mais que os termos sejam semelhantes, eles não significam não a mesma coisa. Você descobrirá o porquê nesse post!

Acompanhamento de obra

O acompanhamento de obra refere-se ao ato de acompanhar as etapas da produção da sua reforma em geral. É ter alguém ou uma equipe de profissionais que esteja realizando uma supervisão sobre algo.

O ato de acompanhar dispõe que você tenha um auxílio, além de alguns cuidados, como remediar e retratar os acontecimentos no decorrer do processo, por exemplo.

Gestão de Obra

Já o ato de gerir obras trata-se de coordenar a sua reforma através de um planejamento e de uma gerência, onde os profissionais estão submetidos a um superior que busca por meio de estratégias alinhar aspectos como funcionários, materiais e ações da melhor forma possível.

O diferencial é que o trabalho é realizado a partir de cronogramas, buscando prevenir os possíveis problemas que podem acometer o processo.

Nesse caso, todas as etapas e acontecimentos são registrados e supervisionados por profissionais experientes em gerenciar reformas. 

O que fazer: Prevenir ou remediar?

  • Prevenir: O planejamento age com base na prevenção, agindo sempre com antecipação. Esse caminho evita gastos e problemas.
  • Remediar: Já a remediação age tornando algo mais suportável ou aceitável, de certa forma atenuando um problema.

O acompanhamento de obras costuma trabalhar com base na remediação. Os profissionais irão realizar a supervisão do que estará sendo feito e, através do seu conhecimento, agir sobre determinadas ações com a intenção de não deixar problemas pontuais chegarem até você.

Já se a equipe de profissionais que estiver gerenciando irá coordenar as produções, profissionais, materiais e atuações, influenciando no melhor desenvolvimento da sua obra e em situações atípicas, a ação será diretamente no problema e a solução pretende ser objetiva, sem envolver os proprietários.

 Quem pode fazer o acompanhamento da obra?

O acompanhamento da obra é algo muito sério e que exige grande responsabilidade. Por isso, não é indicado que você atribua essa função para qualquer um.

A atividade requer registros, recebimentos de materiais e supervisão dos trabalhadores. Uma pessoa qualificada pode ser decisiva na hora de enfrentar algum problema que ocasionalmente aconteça na obra, contornando e encontrando uma solução.

Melhor do que apenas o acompanhamento é a gestão da obra, deixando todo o processo sob controle de uma equipe que irá planejar, resolver cronogramas e alinhar fornecedores e profissionais de mão de obra.

Gestão e acompanhamento trabalhando em conjunto

O acompanhamento de obras não irá funcionar por si só. Ele deve trabalhar em conjunto com a gestão para conseguir uma real eficiência na reforma. Assim, você terá uma tranquilidade e apoio em todos os processos.

Para concluir, aconselhamos que você tenha o acompanhamento e a gestão feitas por profissionais qualificados e experientes. Assim, poderá ficar sossegado com o desenrolar da sua obra e ainda ter uma maior garantia que tudo funcionará perfeitamente.

orçamento-reforma

Confira também na Decorati