5 dicas para não desperdiçar material

Decorati / Publicado em 03/11/2017

Compartilhe:

Quando estamos realizando uma obra ou reforma, devemos sempre nos preocupar com o custo daquele projeto e com o desperdício de material, prevendo sempre uma utilização mais sustentável e consciente.

Usando alguns macetes e com uma orientação profissional especializada, podemos economizar e se conscientizar em relação aos gastos e desperdícios.

Pensando nisso, listamos 5 dicas e fatores que ajudarão na economia e evitarão desperdícios na obra:

1. Orientação Profissional


O auxílio de uma pessoa qualificada na compra de materiais de construção faz uma diferença enorme nos gastos e quantidades. Se você tem um projeto ou um planejamento do que deseja fazer, é possível quantificar tijolos, tinta, madeira, revestimentos e outros materiais, para que não ocorra a compra a mais ou a menos.

Sem contar que a quantidade de materiais que podem ser danificados já é calculada para que não haja imprevistos desnecessários.

2. Mão de Obra Qualificada


Há um péssimo hábito de pensar que contratar um profissional que não seja especializado é sinônimo de economia, mas esse conceito pode ocasionar muitos prejuízos.

A mão de obra qualificada saberá exatamente como instalar e manusear os materiais, evitando assim desperdícios, trabalhos mal executados e a possibilidade de refazer algum serviço, o que sairia bem mais caro.

3. Materiais Modernos

A vantagem de se optar por materiais modernos é que, com suas tecnologias, é possível reduzir custos de construção e diminuir os prazos de entrega das obras, o que é altamente econômico.

Geralmente, os materiais modernos do mercado possuem instalações mais limpas e a sua manutenção a longo prazo são pensadas de maneira a facilitar e baratear o processo.

4. Projeto

Um projeto ou planejamento liderado por um profissional capacitado prevê cronogramas e articulações de todas as fases da obra, além de assegurar entradas e saídas de materiais, evitando perdas, desaparecimentos e desperdícios. Isso acaba otimizando o tempo de toda a mão de obra contratada, organizando os horários e funções de cada profissional que irá atuar na reforma.

É sempre válido discutir antecipadamente com o arquiteto todas as circunstâncias, opções e detalhes de cada material. Essa consultoria sobre quais são as suas especificidades e particularidades serve para que você não tenha arrependimentos futuros.

5. Transporte e Estocagem

Um cuidado essencial com o material é como ele será transportado e sobre quais condições, além de como ele será guardado e mantido na obra, até que seja utilizado.

No fabricante, geralmente você consegue acessar informações de condições de transporte e de como manter o determinado material. Já na obra, é preciso conscientizar os trabalhadores e sempre mantê-los bem guardados, se possível, em áreas fechadas e com acesso restrito.

Para evitar desperdícios de materiais e tempo, faça um projeto com o Decorati!

Confira também na Decorati