Projeto: Apartamento convidativo de 98m²

Decorati / Publicado em 24/09/2019

Compartilhe:

O casal Stephanie e Francisco adora receber amigos e familiares em casa. Para acomodar todos os visitantes confortavelmente, eles precisavam otimizar corretamente o apê de 98m². 

A empresa escolhida para cumprir essa missão foi a Decorati. A decorete Milena Borges amou fazer a reforma completa desse apartamento! Confira os detalhes principais dessa obra nesse post. 

Living

Na planta original, a TV ficava na parte onde foi colocada o aparador para o café. A decorete optou por colocar a televisão na parede que divide a sala da cozinha para camuflar a porta que separa esses dois cômodos. 

Foi feito um grande painel cinza em MDF que integra a porta de correr camuflada. Isso quer dizer que, quando ela está fechada, não conseguimos ver que é uma porta. 

Outra ideia do casal era ter uma lareira no living, que foi colocada na área da TV, pois como o sofá fica na frente do aparelho, nada mais aconchegante do que colocar a lareira lá também.

Mas, como a lareira emite bastante calor mesmo sendo ecológica, a decorete precisou pensar em outros materiais que fossem resistentes a altas temperaturas. Por isso, a Milena não poderia seguir com o painel de MDF, pois ele iria queimar. 

Para resolver esse problema, ela fez duas faixas de vidro pintado da mesma cor do MDF. Quando focamos no painel, podemos ver uma parte central fosca que suporta a TV e nas laterais, as faixas de vidro com um tom de cinza mais brilhante. 

Dessa forma, o painel fica mais bonito por conta dos dois acabamentos diferentes, além de ser funcional para a lareira e para o apê. 

Falando sobre o sofá, a decorete queria que ele ficasse no meio da sala, mas que não bloqueasse totalmente esse espaço, nem que as costas do móvel criasse uma barreira visual no cômodo.

Os clientes concordaram com a visão e ela colocou um puff do lado esquerdo do sofá, que integra os dois lados da sala. No lado do encosto do sofá, foi feito um aparador no fundo para dar um acabamento no móvel e servir de decoração. 

Na parte do café, foi colocado um móvel suspenso em MDF cinza, que lembra a laca, mas com mais resistência.

A ideia principal desse móvel é funcionar como um buffet. Ele tem algumas portas de abrir, onde é possível guardar algumas coisas para o café. 

O interessante desse móvel é que as laterais e as portas tem uma altura maior em relação a base superior, criando uma bandeja. Então, o casal pode deixar qualquer coisa lá em cima que não vai cair, pois as laterais e as portas criam uma contenção para o móvel. 

Na entrada do apartamento, foi feito um móvel com alguns nichos simétricos e iluminados para colocar objetos decorativos e alguns armários e gavetas. Assim, quem vier visitar o apartamento pode deixar a bolsa, sapatos ou blusas ali, funcionando como uma chapelaria disfarçada. 

Na iluminação, foram criados alguns pontos de destaque. Na parede do café com quadros decorativos e no painel da TV, foram colocados spots direcionados. Todos os nichos da entrada tem iluminação indireta em LED. 

Varanda e sala de jantar

A varanda é um dos ambientes mais importante no apê desses clientes, pois a varanda é o melhor lugar para recepcionar as visitas que eles tanto gostam de receber. 

O desejo deles era que o ambiente fosse uma varanda gourmet bem sofisticada, com cara de ambiente interno e sem aspectos rústicos, pois a sala de jantar ficaria no mesmo espaço. 

A decorete optou por não integrar o living com a varanda totalmente e manteve as portas, pois os clientes gostam muito de fazer churrasco. O prédio deles tem um bom sistema de exaustão, mas com os ambientes integrados, o cheiro acaba entrando para o espaço interno.

As cores usadas nos acabamentos foram branco, amadeirado e preto. O ponto de destaque no local é o lindo jardim vertical, feito com plantas preservadas, ou seja, plantas naturais que passam por um processo de desidratação. Por isso, elas não precisam ser regadas.

A bancada para a churrasqueira precisa ser resistente a altas temperaturas e a manchas. E detalhe: os clientes queriam uma bancada totalmente branca!

O material escolhido para realizar esse desejo foi o nanoglass. Ele tem a resistência necessária e foi aplicado na ilha e na pia. 

Para que o casal conseguisse acomodar confortavelmente o máximo de pessoas possível, além da mesa central de seis lugares, tem um espaço na ilha para mais duas banquetas.

No fundo da varanda tem uma TV em uma parede de alvenaria estrutural feita de um painel em MDF para passar os fios do aparelho, pintada da mesma cor das paredes. 

Também tem um móvel que serve de bar, apoio e para armazenar itens de cozinha. Quando o casal for receber suas visitas, eles vão poder colocar pratos e copos ali e facilitar a rotina. O nicho para adega e cervejaria também dá um toque convidativo para o móvel.

Em cima da pia, tem um basculante suspenso com vidro reflecta, que tira parte da visibilidade dos copos e taças expostos. 

Mesmo que o living e a varanda não estejam totalmente integrados, foi usado o mesmo piso nos dois ambientes para enfatizar a ideia de que é uma sala de jantar sofisticada na varanda. 

Os spots nas laterais deixam a área externa bem iluminada, dando uma aparência bem clean. Em cima da mesa, os dois pontos de pendentes dão um toque moderno ao local.

Cozinha

O casal já tinha alguns móveis na cozinha, então, só foi colocada a mobília na pia. O grande desafio foi colocar a lava-louças que o casal tanto queria em pouco espaço. O espaço da pia já estava definido porque a pedra já existia e não sobrava espaço para lavar a louça e colocar gaveteiros.

A solução criada pela Milena foi colocar uma porta de abrir embaixo da pia com uma frente falsa na primeira gaveta, pois atrás dela está o corpo da cuba e não seria possível colocar uma de verdade. 

Tudo isso foi feito para deixar esse espaço de portas e gavetas bem justinho e colocar uma lava-louça entre o fogão e essas gavetas.

Na parte superior, foram feitos nichos para microondas, filtro e basculantes. Todos em MDF branco para combinar com o móvel que já estava no ambiente.

Quarto 

Quando o casal comprou o apartamento, ele veio com um grande armário no corredor de entrada que eles não queriam se desfazer. O móvel já tinha revestimento de espelho, duas portas e estava em ótimo estado. 

A suíte não tinha rebaixo de gesso e nossos clientes queriam distribuir a iluminação com pendentes na lateral da cama, spots, entre outros. 

Mas, tinha um detalhe importante: para fazer o rebaixo na suíte, o armário tinha que ser eliminado. Sem o rebaixo, o quarto ficaria apenas com o ponto de iluminação central. 

Como resolver esse impasse? A decorete sugeriu um rebaixo só em uma parte do quarto.  Como o ambiente é em L, o rebaixo ficaria só na área da cama. Assim, seria possível aplicar a iluminação que o casal queria sem ter que tirar o armário do cômodo.

Os clientes amaram a ideia, mas a Milena ainda tinha um desafio: o rebaixo não poderia parecer um remendo, tinha que passar a ideia de que era algo proposital para melhorar a decoração.

Ela rebaixou o gesso e aplicou uma pintura com efeito de cimento queimado na parede da cabeceira e na área do rebaixo, formando um L em cima da cama. 

A parte do forro do gesso ficou toda iluminada indiretamente, dando a impressão de um rebaixo flutuante. 

Os dois pendentes que o casal queria marcaram a presença e foram colocados dois spots centrais para dar um efeito diferente na parede de cimento queimado.

Para deixar o ambiente ainda mais aconchegante, foi colocada uma cabeceira de cama estofada em tecido cinza mais escuro que a parede com dois móveis laterais e os pendentes de cobre.

Seu apê dos sonhos é bem parecido com esse? Fale com um dos nossos atendentes e veja como a Decorati pode transformar o seu sonho em realidade!

Ficha técnica da obra

Decorete de criação: Milena Borges

Decorete de obra: Marina Helena

Decorete de detalhamento técnico: Marcela Zampere e Eduardo Kawakami

Decorete de render: Milena Borges

Confira abaixo todas as fotos do projeto!

Confira também na Decorati