Materiais em Foco

Vamos falar sobre dois tipos de forro: Gesso e Concreto

concreto_sala_osvaldo_-_flavia_

Hoje em dia, quando falamos de forro, sabemos que ele vai mudar de acordo com o estilo do apê… eles não são indispensáveis para a reforma, porém, sua presença traz não só uma finalização estética mais refinada, também possibilita mais opções de solução para a iluminação, por exemplo. Além disso, ajudam no isolamento térmico e acústico.

Todos os seguintes materiais estão disponíveis no mercado, e na Decorati! Contudo, a escolha da melhor opção para o seu apê depende de duas coisas. Uma delas, é questão financeira; a outra diz respeito ao estilo adotado para o seu projeto.

Forro de Gesso

Atualmente, o forro de gesso é um dos mais comuns nos lares brasileiros; dado seu bom isolamento acústico e térmico. Também é bastante versátil; pode deixar o ambiente muito mais elegante, se bem planejado e aplicado.

Por causa de sua popularidade, existem diversos profissionais e empresas qualificados, e que podem fazer um excelente trabalho no seu apartamento.

Existem dois tipos de aplicações diferentes desse gesso. Ambas têm qualidades diferentes. O gesso comum é mais conhecido, e mais barato que a placa de Drywall. Instalar o primeiro tipo de gesso faz muita sujeira, contudo, requer menos instrumentos. E é exatamente isso que traz outras complicações, como por exemplo, a necessidade de ser alinhado e plumado. Apesar de alguns contras da instalação, muitas pessoas optam por ele devido ao seu bom custo-benefício.

Falando um pouco mais sobre o forro em Drywall: também chamado de gesso acartonado, tem uma finalização parecida com a do gesso, porém, suas placas são aplicadas em uma estrutura de metal.

Como um possível aliado do forro de gesso, independentemente do modo que ele foi aplicado, temos a Tabica. Ela pode dar um efeito muito bonito no teto, e também servir como uma junta de dilatação, evitando rachaduras no gesso.

Como mostrado abaixo, essa solução pode deixar o ambiente bem mais elegante!

 

 

 

Forro de Concreto Aparente

Para trazer uma unidade visual com uma pegada mais industrial; bem desconstruída mesmo, muitas pessoas optam por forros onde o concreto fica visível. Esse método visual simples e minimalista enriquece o ambiente, e eventualmente, causa uma dualidade interessante se houverem cores fortes para criarem esse contraste. Porém, deve ser usado de forma que se encaixe na casa como um todo, e também exige um bom profissional que saiba tratá-lo da maneira correta, a fim de evitar resultados indesejados; como dar a impressão de que a obra simplesmente parou naquele ponto e não foi retomada posteriormente.

Dentre as suas vantagens, atreladas à sua simplicidade, é que não requer outros elementos para estar ali, a própria construção já basta para ter esse estilo de teto, logo, tem um baixo custo.

Existe uma confusão entre concreto aparente, e cimento queimado. Então vamos esclarecer isso. O concreto aparente é um método construtivo, e consiste em deixar estruturas, como o próprio nome diz, aparentes; sem aplicar revestimentos. Já o concreto queimado é uma forma de acabamento, onde é aplicada no contra piso, por exemplo, uma mistura de componentes simples, como areia, água e cimento; em seguida, passa por um processo chamado de “queima”; por fim, essa massa é muito bem alisada com uma espátula.

 

 

 

 

Gostou? Já sabe qual forro vai querer usar no seu apê? Independente da sua resposta, a Decorati pode te ajudar! Entre em contato e marque uma reunião para realizar seu sonho de apê, sem dor de cabeça!

#DecoratiOficial #MateriaisEmFoco #Gesso #Drywall #ConcretoAparente

orçamento-reforma

Deixe um comentário